sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Os três Pedidos de Jabez




Qual será o momento exato de pedirmos a Deus suas bençãos? Muita das vezes passamos anos,dias,meses somente pedindo algo que para nós seria a realização para uma felicidade completa seja ela na vida financeira,saúde ou familiar.

Fazemos perguntas a Deus dizendo: -"Senhor Deus por que não ouves as minhas orações? " em Mateus 7.7 diz assim:
"Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á"
Deus esta sempre disposto a nos ouvir mas será que nos estamos dispostos a ouvi - lo
vejamos pois a história de Jabez.

Quem foi jabez? Ele foi um descendente de Judá seu nome significa "sofrimento" por que foi gerado com dores.
1 Crónicas 4.9 Diz: E foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; e sua mãe deu-lhe o nome de Jabez, dizendo: Porquanto com dores o dei à luz.
Imagine só que triste sina de Jabes grande foi o sofrimento para que ele fosse gerado e ainda crescer carregando um nome que símbolizava vergonha,derrota, acredito que sua infância foi dificil crescendo com os olhares de desprezo de todos já que o nome naquela época tinha significado importante para uma pessoa pois, todo nome dado refletia aquilo que ele seria por toda sua vida.

Mas em 1 Cr 4.10 diz que Jabez "clamou a Deus" ele não fez uma simples oração. Seu clamor foi um grito de socorro ao Único que poderia mudar sua história e aconteceu. Vejamos pois a primeiro pedido de Jabez.

"Ah,abençoa me é aumenta a minha terra" Esse foi o seu primeiro pedido,ora isso significa que ele tinha apenas um pedacinho de terra.

"Seja a tua mão comigo" Esse foi seu segundo pedido ele reconheceu que precisaria de Deus para guia - lo.

"e me preserves do mal de modo que eu seja livre da dor" seu terceiro e último pedido foi livramento,ela sabia que Deus iria respondê -lo e necessitaria de proteção contra aqueles que o queria mal pois a maldição que ele carregava em si seria quebrada e as pessoas não mas o veria como antes.
e o versículo termina dizendo "E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido".

Nenhum comentário:

Postar um comentário